A carregar

Amaya Sumpsi


Grau Académico

Mestrado

Categoria

Doutorandos Integrados

Apresentação

Contextos de Pesquisa

Portugal (Açores)

Interesses de Pesquisa

Mar | Açores | Circulação

Afiliação

NOVA FCSH

Nota biográfica

Iniciou os seus estudos em cinema na Universidade de São Francisco, U.S.F. (Califórnia), e continuou em Madrid, onde se licenciou em Realização de Cinema e Televisão pela Escuela Superior de Artes y Espectáculos. Em Espanha trabalhou em várias longa-metragens como assistente de realização. Depois de se mudar para Portugal, iniciou os seus trabalhos na área de documentário com realizadores como Christine Reeh, Tiago Pereira ou Raquel Castro. Em 2012 termina o mestrado em Antropologia e Culturas Visuais na Universidade Nova de Lisboa. A tese de mestrado ganha o prémio "Octávio Lixa Filgueiras", outorgado pelo Museu Marítimo de Ílhavo ao melhor trabalho em Estudos do Mar, e o seu documentário "Meu pescador, meu velho" é selecionado para mais de 20 festivais de cinema nacionais e internacionais, tendo obtido o prémio "Camacho Costa" para melhor documentário da lusofonia no Cine Eco 2013. Atualmente é aluna de doutoramento em Antropologia na FCSH-UNL, com a tese "Entre ilhas: etnografias da circulação nos Açores", e prepara o próximo documentário, "Santorini Express". É investigadora pertencente ao Núcleo de Antropologia Visual e Artes (NAVA) e colabora na programação de cinema para a Festa de Antropologia, Cinema e Arte de Lisboa (FACA) desde a sua primeira edição, em 2014.

Todos os Projectos

Todas as Publicações

Produções Audiovisuais