A carregar

Linhas Temáticas

A pesquisa realizada no âmbito dos grupos de investigação do CRIA é complementada pela atividade de quatro linhas temáticas e dois núcleos de trabalho. Ainda que específicos nos temas que abordam, as linhas e os núcleos são transversais aos grupos de investigação, agregando vários dos seus investigadores. A sua atividade tem contribuído significativamente para a relação do CRIA com a sociedade civil e outras instituições académicas, reforçando a sua capacidade científica, favorecendo diálogos multidisciplinares e contribuindo para uma abordagem inovadora e dinâmica à antropologia.

Antropologia da Saúde

A linha temática Antropologia da Saúde desenvolve pesquisas em antropologia sobre os temas da saúde, doença, tratamento, cuidado e sofrimento, com especial atenção às transformações sociais em Portugal e na Europa, e sua relação com políticas públicas de saúde, crise económica, aumento da pobreza e emergência de novas formas de vulnerabilidade.

NAVA – Núcleo de Antropologia Visual e da Arte

A linha temática NAVA – Núcleo de Antropologia Visual e da Arte congrega pesquisas realizadas nas áreas da antropologia da arte, antropologia da performance e culturas visuais, e articula estes interesses académicos com a produção artística e fílmica, especialmente de caráter etnográfico.

AZIMUTE – Estudos em Contextos Árabes e Islâmicos

A linha temática AZIMUTE – Estudos em Contextos Árabes e Islâmicos debruça-se sobre diferentes contextos islâmicos enquanto territórios de etnografia e promove a discussão sobre categorias dominantes de pensamento, sem desconsiderar os perigos da sua essencialização.

Recursos Informais, Estado e Capital Social

O núcleo Recursos Informais, Estado e Capital Social visa estudar os aspetos específicos do funcionamento e das lógicas presentes nas redes sociais informais, tal como elas se constituem em dialética com o Estado, com o mercado e com as instituições de ambos os domínios.

Antropologia da Religião

O núcleo Antropologia da Religião promove os estudos antropológicos da religião e explora temas de investigação como a crença, a espiritualidade, a pós-secularização, o sagrado e as suas relações com questões mais amplas tais como a governança ou as migrações. O estímulo à pesquisa nesta área é fomentado através da construção de redes nacionais e internacionais de cooperação e de produção científica.

CEAS - Círculo de Estudos da Ásia do Sul

O Círculo de Estudos da Ásia do Sul (CEAS) reúne investigadores cujas pesquisas se focam em diferentes regiões do subcontinente indiano, com variados interesses. Central no âmbito dos objetivos deste círculo de estudos, é o propósito de realçar a diversidade – linguística, religiosa, cultural e política – deste vasto espaço geográfico. O CEAS pretende organizar eventos periódicos e fóruns de discussão em torno da complexa variedade de temas no âmbito dos estudos da Ásia do Sul, abordando questões críticas e perspectivas de relevância global, incentivando a troca de conhecimentos e promovendo o trabalho colaborativo entre investigadores de diferentes áreas, em torno do abrangente e transdisciplinar campo dos estudos da Ásia do Sul.