Prisões de papel: moral e ética em contexto de encarceramento

Investigador responsável: Afonso de Castro Bento
Grupo de investigação: Governação, Políticas e Quotidiano
Tipo de projeto: Doutoramento
Estado: Em curso
Palavras-chave: Ética | Mundo moral | Prisão


Instituição principal: CRIA
Instituições participantes: n.a.
Financiamento: FCT
Referência: SFRH/BD/129063/2017
Data de início: 01-09-17

Mais informação:

Resumo

A prisão constitui um dos poucos contextos em que os indivíduos são forçados a mobilizar categorias morais abstratas como punição, culpa ou dano para racionalizarem as suas experiências. De facto, através de um conjunto diversificado de documentos produzidos no interior do sistema de justiça – como acórdãos de tribunal ou perícias psicológicas – a biografia dos indivíduos encarcerados é objetificada e recomposta à luz de categorias morais e técnicas. Este procedimento desafia grande parte da teoria antropológica contemporânea, que tende a desvalorizar a construção ética realizada com recurso a códigos morais abstratos e apriorísticos. Este projeto tem como objetivo compreender as condições que informam a reflexão ética em contextos de encarceramento através da análise da prisão enquanto mundo moral, no qual diferentes intervenientes – como reclusos, guardas e técnicos – se apropriam de maneira diferenciada das categorias e significados que lhe são subjacentes.

Investigadores do CRIA

IDNomeFunçãoProjTítuloTipo de projetoEstado
pub36*Catarina FroisOrientador/Supervisorproj340*Prisões de papel: moral e ética em contexto de encarceramentoDoutoramentoEm curso
pub461*Afonso de Castro BentoInvestigador Responsávelproj340*Prisões de papel: moral e ética em contexto de encarceramentoDoutoramentoEm curso
Outros investigadores

InvestigadorFunçãoInstituiçãoProjOutrosTitulo_PT