Patrimonialização e turistificação de recursos naturais em Portugal: estudos de caso nos Açores e no Parque Nacional da Peneda-Gerês

Investigador responsável: Luís Silva
Grupo de investigação: Desafios Ambientais, Sustentabilidade e Etnografia
Tipo de projeto: Pós-doutoramento
Estado: Concluído
Palavras-chave: Recursos naturais | Património natural | Turismo de natureza | Açores | Peneda-Gerês


Instituição principal: CRIA
Instituições participantes: n.a.
Financiamento: FCT
Referência: SFRH/BPD/34229/2006
Data de início: 01-09-10

Mais informação:

Resumo

Na sequência de uma pesquisa sobre os processos de patrimonialização e turistificação dos recursos históricos na rede das “Aldeias Históricas de Portugal”, são estudados os processos de patrimonialização e turistificação dos recursos naturais nos Açores e no Parque Nacional da Peneda-Gerês. O projecto visa estudar as concepções e os usos sociais da natureza, bem como os seus processos de valorização, mercantilização e consumo turísticos. Na linha do que fiz no projecto desenvolvido no primeiro triénio de bolsa, abordarei os seguintes tópicos: 1) as políticas de desenvolvimento rural subjacentes à conservação e rentabilização dos recursos naturais; 2) os especialistas envolvidos nos processos de patrimonialização e conservação da natureza, particularmente biólogos e ambientalistas; 3) as populações locais cujos recursos naturais são patrimonializados e turistificados; 4) os processos de mercantilização e consumo turísticos da natureza; e 5) os impactos destes processos no quotidiano e na estrutura socioeconómica das populações locais. A comparação entre estes dois contextos resulta particularmente interessante em razão das diferenças entre ambos, tanto em termos de situação geográfica, como de oferta e procura turísticas. Os Açores têm uma carga de insularidade e oferecem um produto turístico de natureza que inclui recursos marítimos, como a observação de cetáceos e mergulho contemplativo, ao passo que o Parque Nacional da Peneda – Gerês está integrado no território continental e oferece um produto turístico da natureza que inclui actividades de montanha, como os desportos de natureza e a observação de cabras bravias e cavalos garranos. O estudo visa contribuir para o conhecimento das transformações sociais e económicas das áreas rurais na sociedade portuguesa contemporânea, bem como para os estudos antropológicos do turismo, do património e da mercantilização da natureza. O trabalho será desenvolvido em três anos através de trabalho de campo com observação directa, entrevistas abertas e pesquisa bibliográfica e documental, especialmente sobre casas de natureza, pedestrianismo, montanhismo, observação de paisagens, mergulho contemplativo e observação de animais.

Investigadores do CRIA

IDNomeFunçãoProjTítuloTipo de projetoEstado
pub6*Amélia Frazão MoreiraOrientador/Supervisorproj296*Patrimonialização e turistificação de recursos naturais em Portugal: estudos de caso nos Açores e no Parque Nacional da Peneda-GerêsPós-doutoramentoConcluído
pub97*Luís SilvaBolseiroproj296*Patrimonialização e turistificação de recursos naturais em Portugal: estudos de caso nos Açores e no Parque Nacional da Peneda-GerêsPós-doutoramentoConcluído
Outros investigadores

InvestigadorFunçãoInstituiçãoProjOutrosTitulo_PT