Maternidades alternativas em Portugal: género, religião e corporeidade

Investigador responsável: Anna Fedele
Grupo de investigação: Circulação e Produção de Lugares
Tipo de projeto: Pós-doutoramento
Estado: Concluído
Palavras-chave: Religiao | Espiritualidade | Formas alternativas de maternidade | Portugal | Género


Instituição principal: CRIA
Instituições participantes: n.a.
Financiamento: FCT
Referência: SFRH/BPD/47864/2008
Data de início: 01-09-12

Mais informação: link

Resumo

O objetivo da minha pesquisa é explorar a importância dos significados religiosos atribuídos à gravidez, parto e amamentação entre as mulheres que escolhem modelos alternativos de parto e maternidade em Portugal. A literatura sobre esse fenómeno na Europa é praticamente inexistente e Portugal é um local privilegiado porque as mulheres não descartam procedimentos regulamentados legalmente que as apoiem quando optam por dar à luz em casa. No entanto, em Portugal, existe um movimento de luta pela gravidez e pelo parto “natural”, bem como grupos para apoiar mulheres que estão a amamentar ou mulheres no início da maternidade. Os três eixos temáticos da minha pesquisa são: 1) a sacralização do corpo feminino, a corporeidade e as emoções; 2) a influência da religião e o papel da herança católicas; 3) o papel do género e do poder na construção de comunidades / relações de género supostamente iguais e não-hierárquicas.

Investigadores do CRIA

IDNomeFunçãoProjTítuloTipo de projetoEstado
pub106*Antónia Pedroso de LimaOrientador/Supervisorproj316*Maternidades alternativas em Portugal: género, religião e corporeidadePós-doutoramentoConcluído
pub22*Anna FedeleBolseiroproj316*Maternidades alternativas em Portugal: género, religião e corporeidadePós-doutoramentoConcluído
Outros investigadores

InvestigadorFunçãoInstituiçãoProjOutrosTitulo_PT