Fora do arquivo: memórias da Exposição do Mundo Português

Investigador responsável: Maria Cardeira da Silva
Grupo de investigação: Circulação e Produção de Lugares
Tipo de projeto: Prestação de serviços
Estado: Concluído
Palavras-chave: Exposição | Mundo Português | Padrão dos Descobrimentos | Memória


Instituição principal: EGEAC – Padrão dos Descobrimentos
Instituições participantes: CRIA
Financiamento: EGEAC – Padrão dos Descobrimentos
Referência: n.a.
Data de início: 01-04-15

Mais informação: link

Resumo

Apesar de ter sido concebida em estafe e como projecto efémero, a Exposição do Mundo Português, inaugurada em 1940, desenhou parte importante da cartografia simbólica da nação e da memória. Essa cartografia ficou gravada nas múltiplas publicações laudatórias da época, nos registos e arquivos formais, nas plantas dos monumentos, nas fotografias dos fotógrafos oficiais, nas emissões solenes e filmes do regime, até se reinscrever de forma indelével no espaço de Belém, algumas décadas depois, com a reconstrução em pedra do Padrão dos Descobrimentos. A exposição Fora do Padrão. Lembranças dos visitantes da Exposição de 1940, concebida em parceria entre o CRIA – Centro em Rede de Investigação em Antropologia, no âmbito do Laboratório Jill Rosemary Dias, e o Padrão dos Descobrimentos, pretende revelar cartografias pessoais e lembranças fora desse padrão. Esta exposição resulta de uma pesquisa preliminar que privilegiou a recolha, registo e investigação da memória oral e pessoal e de testemunhos não musealizados ou arquivados relativos à Exposição do Mundo Português. Ao longo de um ano, mais ou menos o tempo que levou a preparação da exposição de 1940, uma equipa do CRIA entrevistou mulheres e homens portugueses que na sua infância ou adolescência a visitaram. A exposição Fora do Padrão tem um carácter laboratorial e constrói-se a partir dessas lembranças registadas em vídeo e materializadas em pequenos objectos e fotografias que evocam sentidos e emoções pessoais que se contrapõem ou complementam abordagens dos registos oficiais já encenadas noutras investigações e exposições sobre a Exposição do Mundo Português. Aqui tenta-se explorar emoções e sentidos que não os estritamente visuais, habitualmente privilegiados na pesquisa de arquivo histórico, e sair dos seus limites para deambular sem preocupação reconstrutiva, entre Belém e outros bairros de Lisboa em plena Guerra Mundial, entre a parvónia e o espectáculo, entre a pobreza, o trabalho e o lazer, entre o espanto e o corriqueiro, evocados nas lembranças dos visitantes. A exposição não pretende ser o resultado final de um projecto de investigação. Ao contrário, pretende-se que active e multiplique lembranças privadas e pessoais que a Memória de Belém tende a colocar à sombra dos Monumentos. Os visitantes de hoje serão assim também convidados a contribuir com suas lembranças para a constituição de um novo arquivo Fora do Padrão que interpele os arquivos históricos institucionais.

Investigadores do CRIA

IDNomeFunçãoProjTítuloTipo de projetoEstado
pub114*Maria Cardeira da SilvaInvestigador Responsávelproj245*Fora do arquivo: memórias da Exposição do Mundo PortuguêsPrestação de serviçosConcluído
pub135*Marta PristaInvestigadorproj245*Fora do arquivo: memórias da Exposição do Mundo PortuguêsPrestação de serviçosConcluído
pub486*Sandra OliveiraInvestigadorproj245*Fora do arquivo: memórias da Exposição do Mundo PortuguêsPrestação de serviçosConcluído
pub487*Sílvia RaposoInvestigadorproj245*Fora do arquivo: memórias da Exposição do Mundo PortuguêsPrestação de serviçosConcluído
pub524*Laura AlmodovarBolseiroproj245*Fora do arquivo: memórias da Exposição do Mundo PortuguêsPrestação de serviçosConcluído
Outros investigadores

InvestigadorFunçãoInstituiçãoProjOutrosTitulo_PT