FILMTUR-PORT – Atrás da câmara: práticas de visualidade e mobilidade no filme turístico português

Investigador responsável: Sofia Sampaio
Grupo de investigação: Práticas e Políticas da Cultura
Tipo de projeto: Projeto nacional
Estado: Concluído
Palavras-chave: Práticas | Visualidade | Turismo | Imagens em movimento | Portugal (1910-1980)


Instituição principal: CRIA
Instituições participantes: Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema (CPMC); Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades (CIDEHUS/UÉ); Instituto de Ciências Sociais (ICS-ULisboa)
Financiamento: FCT
Referência: EXPL/IVC-ANT/1706/2013
Data de início: 01-04-14

Mais informação: link

Resumo

O projeto tem por objetivo contribuir de uma forma inovadora para o conhecimento das práticas de visualidade e mobilidade que se desenvolveram em contextos simultaneamente cinematográficos e turísticos, no Portugal do século 20. Tendo como fonte primária principal o Arquivo Nacional da Imagem em Movimento (ANIM), da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema, o enfoque da pesquisa é o “filme turístico”, i.e. os filmes que visam, de uma forma mais ou menos direta, promover uma região ou localidade como destino de viagem ou, de um modo mais genérico, promover a prática da viagem. O corpus a explorar agrega filmes produzidos em Portugal entre a Primeira República e o final do Estado Novo (1910-1974), incidindo sobre formatos pouco estudados, como as curtas e médias metragens e a não ficção. O projeto intervirá teoricamente, e de uma forma inovadora e verdadeiramente interdisciplinar, nas seguintes áreas e problemáticas. (1) Estudos de turismo: distanciando-se do conceito de “tourist gaze” (Urry 1990), dado o cariz abstrato e a-histórico que o caracteriza, a fim de propor um conceito de olhar turístico alternativo, i.e. um conceito materialista, histórico e dinâmico deduzível a partir das articulações específicas que se estabelecem em torno da imagem em movimento e que se relacionam quer com o campo artístico e cinematográfico quer com as práticas de lazer e mobilidade. (2) História do cinema: revisão da historiografia do cinema português, tradicionalmente centrada na ficção, com vista a recuperar formatos e géneros subestimados ou ignorados, entre os quais se encontram os filmes turísticos. Esta revisão acompanha o interesse crescente em fontes históricas marginais, bem como os recentes avanços na organização e no acesso aos arquivos. (3) Estudos fílmicos e de fontes históricas marginais, bem como os recentes avanços na organização e no acesso aos arquivos. (3) Estudos fílmicos e de género: reconceptualização do filme turístico a partir dos visionamentos de vários filmes, e não de uma categorização abstrata prévia, procurando incorporar, valorizar e teorizar a hibridez que caracteriza o género, considerado cinematograficamente desinteressante. (4) Antropologia visual: valorização do filme para fins de investigação quer pela sua indexicalidade (enquanto registo de lugares, corpos, objetos, práticas, movimentos e sons) quer pelo seu enraizamento em determinadas práticas. Este último aspeto implica um trabalho de “desenterramento” das práticas que subjazem às imagens, sobretudo as práticas turísticas e cinematográficas desenvolvidas na fase de captação das imagens, reveladoras das relações que se estabeleceram entre o cinegrafista e o lugar filmado no momento da visita e da rodagem. Para o efeito recorrer-se-á a entrevistas a realizadores e técnicos que trabalharam em alguns destes filmes; à análise de filmes amadores e domésticos (uma fonte etnográfica inestimável mas negligenciada); e à produção de material fílmico inédito (imagem e som) em alguns dos lugares filmados pelos entrevistados, na presença destes. Estes desafios plenamente justificam a multi- e interdisciplinaridade da equipa, constituída por um antropólogo com vasta experiência etnográfica, incluindo em contextos turísticos; um sociólogo que tem desenvolvido abordagens inovadoras e interdisciplinares à cultura popular e de lazer em contextos portugueses; uma especialista em cinema português; um historiador especializado no período colonial português com interesses na cultura popular do século 20; e a investigadora responsável (IR), especialista em estudos culturais, cujo trabalho sobre a relação entre cinema e turismo e, mais recentemente, sobre o filme turístico português, se tem vindo a desenvolver no âmbito da antropologia visual e do turismo. Originando no trabalho que a IR tem conduzido no ANIM desde Março de 2012, e do qual já apresentou alguns resultados em congressos e encontros científicos, o projeto criará condições para o avanço da investigação quer na resolução das perguntas iniciais quer na formulação de novas perguntas. O catálogo de filmes turísticos que resultará da investigação, constituirá um precioso instrumento de trabalho para investigadores e arquivistas. A colaboração entre os investigadores e o ANIM beneficiará ambas as partes, nomeadamente no que diz respeito aos filmes amadores e domésticos, um acervo pouco explorado ao qual os investigadores ganharão um acesso privilegiado. Pretende-se que esta colaboração tenha continuidade em projetos futuros, que poderão incluir parcerias com outras cinematecas. De um modo mais geral, o projeto pretende também contribuir para a divulgação de um património nacional de grande valor. A mostra de filmes turísticos contribuirá para sensibilizar o público e as entidades públicas sobre a necessidade de preservação destes filmes, bem como sobre o trabalho “invisível” e moroso que o ANIM tem vindo a realizar nesse sentido.

Investigadores do CRIA

IDNomeFunçãoProjTítuloTipo de projetoEstado
pub151*Sofia SampaioInvestigador Responsávelproj45*FILMTUR-PORT - Atrás da câmara: práticas de visualidade e mobilidade no filme turístico portuguêsProjeto nacionalConcluído
pub435*Sérgio SáBolseiroproj45*FILMTUR-PORT - Atrás da câmara: práticas de visualidade e mobilidade no filme turístico portuguêsProjeto nacionalConcluído
pub478*Gonçalo MotaBolseiroproj45*FILMTUR-PORT - Atrás da câmara: práticas de visualidade e mobilidade no filme turístico portuguêsProjeto nacionalConcluído
Outros investigadores

InvestigadorFunçãoInstituiçãoProjOutrosTitulo_PT
Carolin Overhoff FerreiraInvestigadorproj45*FILMTUR-PORT - Atrás da câmara: práticas de visualidade e mobilidade no filme turístico português
Cyril IsnartInvestigadorCIDEHUS-UÉproj45*FILMTUR-PORT - Atrás da câmara: práticas de visualidade e mobilidade no filme turístico português
Marcos CardãoInvestigadorproj45*FILMTUR-PORT - Atrás da câmara: práticas de visualidade e mobilidade no filme turístico português
Nuno DomingosInvestigadorICS-ULproj45*FILMTUR-PORT - Atrás da câmara: práticas de visualidade e mobilidade no filme turístico português