encontros_cientificos Encontros científicos | Scientific meetings fora_academia Fora da academia | Outside the academy

A carregar Eventos

« Todas as iniciativas

  • Este evento já decorreu.

Casas (pós-)rurais entre 1900 e 2015: Expressões arquitetónicas e trajetórias identitárias (Ana Saraiva)

05/12/2016, 18:00 - 20:00

“Casas (pós-)rurais entre 1900 e 2015: Expressões arquitetónicas e trajetórias identitárias”
Ana Saraiva (CRIA/FCSH-NOVA)

5 de dezembro de 2016, 18h-20h
Sala Multiusos 2, Ed. ID, FCSH/Nova


Resumo

Esta dissertação em antropologia examina práticas e discursos associados à casa (pós-)rural a partir de estudos de caso em Ourém (centro de Portugal) e Champigny-sur­‑Marne (França).

A pesquisa em torno de trajetórias de construção e usos nas moradias em aldeias portuguesas no último século evidencia tipos habitacionais que remetem para três períodos coincidentes com panoramas socioeconómicos distintos: a “casa do trabalhador rural” (1900­‑1960), associada à agropecuária; a “casa do emigrante” (1970-2015), relacionada com a emigração e as mudanças profundas nos campos; e a “casa emblematizada” (1990-2015), conexa com a reificação da tradição. A análise estende-se a moradias de portugueses residentes em bairros da periferia de Paris nos últimos cinquenta anos e faz refletir transformações significativas nas relações dos indivíduos com os campos, tornando-as mais próximas das realidades urbanas.

Leituras comparativas em torno de tendências formais e funcionais nas arquiteturas domésticas, expressões de transnacionalismo, representações de genealogia, género e reificação da tradição associadas à construção e usos da casa (pós-)rural permitem pensá-la em articulação com outras práticas sociais e captar (des)continuidades e reconfigurações nas manifestações de grupos sociais unidos por universos próprios da casa, dos campos e da emigração.

Palavras-chave: Arquitetura popular, Transnacionalismo, Hibridez, Património e Identidade.


Nota biográfica:

Antropóloga, mestre em museologia e património, doutorada em antropologia – especialidade de políticas e imagens da cultura e museologia (Universidade Nova de Lisboa). Tem desenvolvido trabalhos de investigação no país (sobre identidade, património e museus), com publicações, comunicações científicas e participações em projetos de desenvolvimento local. Chefia a divisão de ação cultural no Município de Ourém. Fundou e dirige o Museu de Ourém (museu da Rede Portuguesa de Museus).


Detalhes

Data:
05/12/2016
Hora:
18:00 - 20:00
Categorias de Evento:
,

Organização

CRIA

Local

NOVA FCSH
Av. Berna
Lisboa, Portugal
+ Mapa do Google