Curso de verão: “Escavação de contextos funerários: métodos e práticas”

Inscrições abertas até 4 de agosto de 2017

Datas: 4 a 8 de setembro | dias úteis das 10h00 às 15h00
Docente Responsável: Francisca Alves Cardoso
Docentes: Nathalie Antunes-Ferreira e Sílvia Casimiro
Áreas: História, Património e Cultura

Creditação para professores do Ensino Básico e Secundário
Formação geral e adequada: Professores dos Grupos 230, 400 e 520.

Objetivos:

Os principais objetivos são dar a conhecer a componente da antropologia biológica associada à escavação e recuperação de espólio osteológico humano em campo (i.e. contextos de escavação). O curso terá forte ênfase em arqueologia (métodos e técnicas de campo), com apresentação dos métodos de escavação, recolha de amostras e registo de informação em campo e posterior exumação/recolha do espólio osteológico humano e outro. Assim serão discutidos vários protocolos de registo e recolha de informação utilizados por antropólogos; identificar e diferenciar material humano de não humano, com ênfase na osteologia humana, e posterior aplicação de métodos na estimativa de idade à morte, sexo, estatura, ancestralidade e características individualizastes com base em aspetos morfológicos e patológicos em campo. Serão facultados noções de tafonomia, estratigrafia, e outros conceitos associado à metodologias utilizadas em campo. Espera-se que no final da disciplina os alunos sejam capazes de identificar os vários cenários de enterramentos individuais e múltiplos, que sejam capazes de identificar as várias peças ósseas do esqueleto humano, e características várias que lhes permita fazer uma identificação positiva do espólio recuperado, e consequentemente produzir um relatório de análise de material e seu contexto de recuperação, sendo também capaz de incorporar informação recolhida no âmbito de outras disciplinas.

Para mais informações:

> FCSH