Emiliano Dantas

Grau académico: Mestrado
Categoria: Doutorandos Integrados
Polo institucional: ISCTE-IUL
Grupo de investigação: Governação, Políticas e Quotidiano
Linha temática:
Interesses de pesquisa: Antropologia visual | Fotografia | Antropologia ecologica
Contextos de pesquisa: São Tomé
Contacto: foto@emilianodantas.com.br
Mais informação:

Nota biográfica

Emiliano Ferreira Dantas é doutorando em Antropologia pelo Instituto Universitário de Lisboa/ISCTE-IUL, mestre em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco/UFPE e graduado em Comunicação Social com habilitação em Fotografia pelas Faculdades Integradas Barros Melo/AESO. Foi professor na AESO, lecionando disciplinas no Bacharelado de Fotografia, Cinema e Audiovisual, e Artes Visuais. Atuou como consultor técnico no projeto Inventário Imagético do Museu do Homem do NordesteMUHNE/UNESCO, entre 2014 e 2015. Pesquisador e fotógrafo da pesquisa “Linha de Montagem da Defesa Social sob Focos de Lentes” em 2012 e 2013. Curador, em 2010 e 2012, do Theória (MUHNE/FUNDAJ), um evento de fotografias que discute imagem, museologia e ciências sociais. Em 2014, foi curador da exposição “Cor à Pele”, ocorrida na galeria Janete Costa. Expôs individualmente, em 2015, no Centro de Estudos Martianos, em Havana (Cuba), uma série de fotografias chamada “Poéticas visuais sobre o homem natural”. Expôs na galeria Baobá/FUNDAJ, com o tema “Presídio Feminino Bom Pastor” (Recife/PE) e, no Museu da Abolição do IPHAN, uma série de retratos sobre os mestres do Coco do Amaro Branco (Olinda/PE).

Publicações
AutorID_filtro_tablepressAnoTipoPublicação
Emiliano Dantaspub549*2017CapítuloDANTAS, Emiliano; VENTURA, Jorge, 2017, "Antropologia visual no Recife: entre antropólogos e fotógrafos", in Roberta Bivar Carneiro Campos, Fabiana Gama, Silvana Sobreira (orgs.), A Nova Escola de Antropologia do Recife: Ideias, Personagens e Instituições, Recife, Editora Universitária, pp. 200-232, ISBN: 978-85-415-0943-5.link
Projetos

IDInvestigadorFunçãoProjTítuloTipo de projetoEstado+
pub549*Emiliano DantasBolseiroproj337*Roça, mato e máscara: autonomia e liberdade em São ToméDoutoramentoEm curso+