✘ 1 técnico/a superior (contrato de trabalho a termo resolutivo certo) – Ref.ª CRIA_CAPSAHARA_GESTÃO PROJETO_2018

Prazo de candidaturas: 15 de abril de 2018.


O Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA) torna pública a abertura de concurso para a atribuição de um contrato de trabalho a termo resolutivo certo, para 1 técnico/a superior, no âmbito do projecto CAPSAHARA – Critical Approaches to Politics, Social Activism, and Islamic Militancy in the Western Saharan Region, financiado pelo European Research Council (STG-716467-2016).

Local de trabalho: CRIA, polo FCSH/NOVA (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa).

Requisitos gerais de admissão: Licenciatura em qualquer área científica.

Requisitos preferenciais:

  • Sólidos conhecimentos do Sistema Científico e Tecnológico Nacional (SCTN);
  • Sólidos conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
  • Conhecimentos na gestão de projetos com financiamentos nacionais e europeus;
  • Conhecimentos básicos de fiscalidade;
  • Conhecimento de procedimentos contabilísticos;
  • Espírito de equipa e facilidade de relacionamento interpessoal;
  • Espírito de iniciativa e autonomia;
  • Boa capacidade de expressão escrita e oral;
  • Bons conhecimentos de língua inglesa;
  • Bons conhecimentos de língua francesa.

Duração do contrato: o contrato terá a duração de doze meses, com início previsto em abril de 2018 e poderá ser renovado, por iguais ou diferentes períodos, dentro da vigência do projeto, 31 de março de 2021.

Montante e modo de pagamento: A remuneração mensal é a equivalente ao nível 15 da tabela remuneratória da Função Publica.

O Vencimento é pago através de transferência bancária.

Seleção: A seleção dos candidatos será efetuada por um júri constituído por:

  • Presidente do Júri – Francisco Freire
  • Vogais Efectivos – Maria Cardeira da Silva
  • Vogais Suplentes – Ana Carrapato

Métodos de selecção: A avaliação curricular corresponderá a 70% da nota final e carta de motivação a 30%.

Caso o júri opte por entrevistar a avaliação curricular terá uma ponderação de 60% da nota final, a carta de motivação 20% e a entrevista 20%.

O júri reserva-se o direito de não atribuir o lugar caso não concorram candidatos com o perfil adequado.

Formalização das candidaturas: As candidaturas deverão ser acompanhadas de Curriculum Vitae pormenorizado, cópias de Certificado/s de Habilitações (incluindo classificação nas unidades curriculares) e de elementos completos de identificação (ou, facultativamente, e uma Carta de Motivação demonstrando o interesse nesta área de atividade.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 3 de a 15 de abril de 2018. As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: CV, fotocópia do certificado de habilitações, fotocópia do documento de identificação e outros documentos comprovativos considerados relevantes para a candidatura.

As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço capsahara@cria.org.pt; cc: manuela.raminhos@cria.org.pt com a referência CRIA_CAPSAHARA_GESTÃO PROJETO_2018.

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final obtida afixada em local visível e público do CRIA, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de correio eletrónico.