✘ 1 Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) – Ref.ª UI4038_BGCT_02_2018

Prazo de candidaturas: 30 de abril de 2018.


O Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA) torna pública a abertura de concurso para a atribuição de uma Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) com apoio financeiro da FCT/MCTES através de fundos nacionais (PIDDAC) ”, no âmbito do financiamento UID/ANT/04038/2013.

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido na sede social do CRIA, em Lisboa.

Área científica e requisitos de admissão

A bolsa destina-se a um candidato (m/f) com o grau de Licenciado ou Mestre em Economia, Gestão ou Contabilidade. Candidatos de diferentes áreas poderão ser admitidos desde que seja comprovada experiência relevante para as funções a desempenhar.

Fatores preferenciais:

  • Experiência na gestão de projetos com financiamentos nacionais e europeus;
  • Experiência em candidaturas de projetos de investigação a financiamentos nacionais e europeus, incluindo elaboração de orçamentos;
  • Experiência em procedimentos contabilísticos;
  • Conhecimentos básicos de fiscalidade
  • Sólidos conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
  • Espirito de equipa e facilidade de relacionamento interpessoal;
  • Espirito de iniciativa e autonomia
  • Boa capacidade de expressão escrita e oral;
  • Bons conhecimentos de língua inglesa.

Plano de trabalhos: Gestão e controlo financeiro da unidade e dos seus projetos de investigação; Controlo financeiro de projetos de investigação e saldos de contas dos projetos/Centros de Custo; Elaboração de pedidos de pagamento; Instrução de processos em sistema SAP e Singap; A preparação mensal da documentação contabilística no âmbito do SNC-ESNL; Gestão de tesouraria e recursos humanos.

Legislação e regulamentação aplicável: A bolsa será financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, através do Financiamento UID/ANT/4038/2013, de acordo com a Lei nº. 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica) e o Regulamento de Bolsas e Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia em vigor (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT.pdf).

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração de 7 meses, com início previsto em junho de 2018. O contrato de bolsa poderá eventualmente ser renovado, até ao limite legal estabelecido.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa depende das habilitações académicas e da experiência, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores), podendo, de acordo com o ponto 3 do artigo 9.º do regulamento da FCT, ser alterado em função da habilitação, da experiência adquirida e da complexidade do plano de trabalhos aprovado.

Ao valor do subsídio acresce o seguro social voluntário correspondente ao primeiro escalão, caso o candidato opte pela sua atribuição, bem como o seguro de acidentes pessoais. A bolsa será paga mensalmente, através de transferência bancária.

Regime de Atividade: A atribuição da bolsa não gera nem titula uma relação de natureza jurídico-laboral, é exercida em regime de dedicação exclusiva e é atribuído ao bolseiro o Estatuto de Bolseiro, conforme o disposto no Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, https://www.fct.pt/apoios/bolsas/estatutobolseiro

Composição do júri de seleção:

Presidente do Júri – Maria Antónia Pedroso de Lima

Vogal Efetivo – Maria Cardeira da Silva

Vogal Efetivo – Maria Joao Seabra

Vogais Suplentes – Manuela Raminhos

Métodos de seleção: A seleção dos candidatos será feita com base na análise do CV e em entrevista a candidatos selecionados.

O júri reserva-se o direito de não atribuir a BGCT caso não concorram candidatos com o perfil adequado.

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados online no site do CRIA e afixados na sua sede, sendo os candidatos notificados através de e-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto entre 2 a 30 de abril de 2018.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: CV, cópia do certificado de habilitações, carta de motivação e carta de recomendação e outros documentos comprovativos considerados relevantes para a candidatura.

As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço manuela.raminhos@cria.org.pt com cópia para o endereço maria.seabra@cria.org.pt, incluindo no assunto da mensagem a referência UI4038_BGCT_02_2018.


Ata de reunião do júri de seleção